Avanços recentes na tecnologia criaram uma era onde consumidores podem agora se comunicar, pesquisar, navegar e, até mesmo, comprar a qualquer hora do dia, de qualquer lugar.

A medida em que esta nova geração de consumidores hiperconectados chega ao mercado, trazendo consigo um enorme potencial de consumo e múltiplas habilidades digitais como multi-touch e multi-device, é preciso estar atento às mudanças que estão por vir. Isso porque a grande expectativa destes consumidores é a de que empresas possam inovar tão rapidamente quanto suas preferências, proporcionando experiências únicas e altamente personalizadas. Caso contrário, eles simplesmente mudam de foco.

Por isso, transformação digital é tão importante, afinal, preparar o negócio para uma geração totalmente digital significa viver ou morrer em um futuro próximo.

Para as empresas que estão se adaptando a este novo universo de consumidores, o foco é transformar a empresa em um negócio digital, uma empresa realmente centrada no cliente. E como consequência desta corrida pela inovação, veremos a partir de agora transformações cada vez maiores e cada vez mais rápidas.

Estudos mostram que os disruptores - empresas conhecidas pelo seu poder transformacional - não são necessariamente grandes empresas nem aquelas com um bom plano de negócios, mas sim empresas focadas em inovação, empresas que se movimentam com facilidade e estimulam a mudança.

Os investimentos em Transformação Digital devem triplicar até 2019. Além disso, aproximadamente 1/3 dos CEO's e COO's do planeta terão investido pelo menos 5 anos de carreira como líderes de tecnologia até 2020.

por IDC

Neste aspecto, já não basta um bom website, design responsivo ou conteúdo relevante, nem mesmo um bom desempenho nos buscadores. Obviamente, investir em performance digital – segmento online que busca melhorar posicionamento de websites nos buscadores, gerar atração de leads através de inbound marketing, entre outras práticas – é importante, mas transformação digital significa muito mais que isso.

MAS O QUE É TRANSFORMAÇÃO DIGITAL?

Transformação Digital é uma jornada orientada pelo ponto de vista do cliente, um compromisso de longo prazo com a experiência do cliente e não apenas um investimento isolado ou pontual. É uma visão de negócio orientada a inovação, a eficiência, a otimização e automação de processos, a integração de tecnologias, canais de venda e de atendimento ao cliente. Transformação Digital depende da compreensão de que o futuro do negócio depende cada vez mais de conectividade, do anywhere/anytime/anydevice, de inteligência competitiva e decisões baseadas em dados. Significa conhecer o cliente o bastante para antecipar tendências e prever comportamentos.

Vale ressaltar que não existe transformação digital sem tecnologia, sem uma visão integrada de marketing, sem a compreensão de que estes dois atributos são na verdade os pilares para a transformação de empresas em negócios digitais, e que portanto, devem liderar as discussões sobre o assunto.

Marketing e TI agora andam juntas e respondem diretamente aos cargos de decisão. Prova disso é que um recente estudo do IDC aponta que até 2020, aproximadamente 1/3 dos CEO's e COO's do planeta terão investido pelo menos 5 anos de carreira como líderes de tecnologia. Isso mostra que a transformação digital não afeta apenas o negócio, mas o mercado como um todo. As profissões estão mudando e por isso é tão importante dominar os avançados conceitos de TI.

POR ONDE COMEÇAR?

Digital Marketing e Digital Commerce são o ponto de partida para qualquer empresa que deseja caminhar rumo a esse novo universo.

De acordo com o IDC, os investimentos em Transformação Digital devem triplicar até 2019. No que se refere a Digital Marketing, a grande busca pela transformação está na capacidade de se criar uma visão holística do cliente, de interagir de forma contínua com o cliente a partir de qualquer ponto de contato da marca atendendo às suas expectativas de forma personalizada e antecipada. Contudo, para compreender o cliente de verdade é preciso tempo e investimento contínuo na integração dos diferentes canais de atendimento e serviços. Desta forma, é possível construir uma jornada de compra personalizada e proporcionar uma experiência única ao cliente a partir de qualquer interação feita com a empresa, seja ela a partir de um dispositivo móvel, canal social, email ou telefone.

Assim a medida em que o relacionamento entre empresa e cliente se desenvolve, dados como preferências, histórico, hábitos e frequência de consumo são gerados e podem ser utilizados para personalizar ações futuras de marketing e comunicação. Neste nível de relacionamento é onde alcançamos a visão completa ou holística do cliente.

No que se refere a Digital Commerce, o segmento digital que inclui plataformas e tecnologias avançadas de ecommerce, o IDC pontua que ser uma "organização omni-channel” e "oferecer experiências omni-channel” são de fato uma questão de vida ou morte para os varejistas, onde aqueles que ainda não são considerados omni-channel, são, ou serão muito em breve, coisa do passado. A IDC define ainda o desafio do varejo nos próximos três anos como a capacidade de executar o omni-channel de forma rentável, incluindo a transformação de lojas em experiências.

Neste sentido, a integração do ambiente de Digital Marketing e Digital Commerce é fundamental para gerar valor ao negócio e personalização à experiência do cliente através da recomendação de produtos com base no potencial, propensão ou frequência de compra.

Sem dúvida alguma, o caminho rumo a Transformação Digital é longo e complexo, mas é perfeitamente alcançável. Se você tem dúvidas a respeito ou deseja iniciar sua jornada de transformação, fale com a Header